Mariópolis intensificou campanha contra a DENGUE no mês de novembro que teve início ainda no mês de março.

Mariópolis, PR °min °max

Em Março deste ano de 2021, iniciou-se pela Vigilância Sanitária e Coordenação da Dengue desta municipalidade o levantamento de dados referentes a situação da presença e controle vetorial do Aedes Aegypti. Em análise junto aos agentes de endemias, pode-se observar a grande presença de focos de vetores e entre um dos maiores criadouros identificou-se as cisternas.

Iniciou-se então o trabalho de controle vetorial no município, com a realização de inspeções técnicas primeiramente nos locais que demandaram denúncias, nas propriedades que contém cisternas e demais locais identificados como possíveis criadouros.

Em primeiro momento foram realizadas orientações, e quando necessário a lavratura de auto/termos com prazo para adequação, ou seja, solicitação de eliminação do foco. Nesta etapa além de residências com agrupamento de pneus, produtos descartáveis e lonas com presença de água parada, também foram visitadas 11 cisternas.

A partir da demanda observada, notou-se a necessidade de uma ação intensificada em relação as cisternas. Juntamente com a alusão ao Penúltimo sábado de novembro considerado o – Dia Nacional de Combate à Dengue, mais precisamente este ano dia 26 de novembro, foi elaborado a Proposta de intervenção: “Aedes, o perigo perto de você”, a ser realizada no mês de novembro. Esta proposta incluiu um cronograma de visitas técnicas a todas as cisternas existentes no município, com início no dia 03 de novembro e finalização no dia 24 de novembro.

Como resultado final, realizamos o levantamento de 45 proprietários com um total de 62 cisternas. Foram realizadas visitas técnicas em todas as localidades e estabelecimentos, das 62 cisternas, 5 cisternas os proprietários não se encontravam na residência. Nas 51 cisternas restantes, foram realizadas orientações de medidas preventivas e cuidados para evitar a proliferação do vetor Aedes Aegyti. Houve a necessidade da confecção de 5 Termos de Intimação nas cisternas visitadas na pré-campanha e a confecção de 5 Termos de Intimação durante a campanha no mês de novembro. Todos os 10 Termos de Intimação tiveram as demandas realizadas dentro do prazo estabelecido.  O trabalho realizado intensificou sua ação na conscientização da população quanto a realização de tratamento e proteção das cisternas.

Em sua grande maioria, as cisternas são utilizadas para a limpeza externa das residências, para regar canteiros e flores e em menor número há a utilização das cisternas em estabelecimentos na área de produção que demandam uma quantidade grande de água na execução de suas atividades.

Diante da proposta apresentada, os objetivos elencados foram atingidos com êxito. O objetivo geral previa envolver, conscientizar e incentivar a população em geral a combater o mosquito Aedes aegypti, vale citar que a população se mostrou muito colaborativa e prestativa nas inspeções. Diante dos objetivos específicos todos os imóveis contendo cisternas foram assistidos, os imóveis nos quais os proprietários estavam ausentes, foram agendadas e programadas visitas técnicas. Como objetivos específicos, as orientações foram realizadas a todos os proprietários. E a eliminação de focos e confecção de auto/termos realizados onde se fizeram necessários. Desde modo conclui-se este projeto com a execução de todas as etapas programadas.