Mariópolis, PR °min °max

O município de Mariópolis, através do Departamento de Saúde está desenvolvendo o Projeto Gestar, dentro das equipes da Estratégia Saúde na Família – ESF.

O projeto Gestar tem como objetivo principal estimular a gestante a realizar o acompanhamento da gestação conforme a Linha Guia do Programa Mãe Paranaense, onde o mesmo propõe um conjunto de ações que envolvem a captação precoce da gestante, o seu acompanhamento no pré-natal, com no mínimo 07 consultas, a realização de 17 exames, a classificação de risco das gestantes e das crianças, a garantia de ambulatório especializado para as gestantes e crianças de risco, a garantia do parto por meio de um sistema de vinculação ao hospital conforme o risco gestacional.

O projeto foi proposto pelo Departamento de Saúde e será elaborado pelas três equipes de ESF, que tem como Enfermeiras responsáveis: Marcia Cavasan Borges – ESF I, Viviane de Campo ESF II e Juliana Carvalho González – UBS Nossa Senhora das Candeias – ESF III.

A Diretora do Departamento de Saúde, Giovana Aspir Abegg destaca a importância do trabalho “Esta foi uma ideia que surgiu da necessidade de garantir e qualificar a assistência às gestantes do Município” comentou.

O projeto Gestar é divido em várias fases, onde na primeira fase a gestante participa de encontros mensais. Os encontros têm como finalidade prevenir e detectar possíveis alterações no desenvolvimento gestacional, esclarecer dúvidas e diminuir ansiedade em relação ao trabalho de parto, estimular o aleitamento materno exclusivo, promover a criação de vínculo entre o binômio, mãe-filho, e estreitar laços familiares, além de orientar quanto aos cuidados com o recém-nascido.

Segundo a Enfermeira responsável pelo ESF II Viviane de Campos “quando esse projeto foi proposto às equipes, foi prontamente aceito por nós da ESF. Isso facilita o inicio precoce do pré-natal, e em alguns casos havia dificuldade de comparecer as consultas, quando este projeto incentiva as mesmas a seguirem a Linha Guia do Programa Mãe Paranaense”.

Para participar do projeto as gestantes devem seguir alguns requisitos, tais como: Realizar o mínimo de sete consultas pré-natal, comparecer em pelo menos três encontros do grupo de gestante, realizar um teste rápido por trimestre, nesse incluem a gestante e o cônjuge, totalizando três testes cada um. Ao cumprir todos os requisitos, no final, a gestante ganhará um book fotográfico.

Para a gestante participante do programa, Giovana Castanha, os encontros são de extrema importância, pois de cada encontro tiram todas as dúvidas e ganham ajuda dos profissionais de saúde. “Eu, assim como todas as outras mamães, estamos felizes com esse novo projeto que se desenvolve, pois ele veio voltado nas prioridades de todas as gestantes. Essas reuniões do Gestar vem nos ensinando a ser uma mãe, onde ali tiramos nossas dúvidas, quebramos todos os tabus e mitos que, com toda a equipe de enfermagem e médicos nos mostram como teremos uma gravidez sadia e com muita tranquilidade, nos dizendo e até mesmo ensinando na prática como lidar com nossos medos e inseguranças e nos fazendo ver o quanto é importante para nós, saber que moramos em uma cidade que se volta e tenta de todas as formas e cuidados, que nós gestantes do município, carregamos cada uma um ser humano que vai fazer parte desse mesmo município.”

Para a realização do book, as gestantes serão direcionadas para uma reunião com a Assessora de Imprensa, onde serão decididos os locais e outras demandas necessárias para a realização do mesmo. A gestante será presenteada com um álbum com 10 fotos de sua escolha reveladas, e as outras fotos serão disponibilizadas em um CD.

A assessora de Imprensa, Larissa Jasko Zanuz, é quem proporciona essas recordações fotográficas e, de acordo com ela, o reconhecimento do trabalho e o sorriso no rosto das mães é a maior gratificação. “A maternidade é um momento mágico que será guardado para sempre. Muitas me falaram que jamais conseguiriam fazer um ensaio desses e o quanto é importante ter essa lembrança, por isso os ensaios estão sendo desenvolvidos com muito amor e carinho”.

A mamãe Giovana, também comentou sobre o book fotográfico. “E quanto ao book, essa ideia é sensacional, pois qual mãe que não sonha fazer um book e registar esse momento maravilhoso e tão importante na vida da gente. Saber que quando nosso filho ficar grande nós mamães podemos mostrar aquela barriga linda e falar: “olha filho ou filha, você estava ali dentro”. Para mim já foi um presente gratificante ganhar esse book porque, financeiramente não poderia fazer e essa ideia que o grupo gestar esta proporcionando a todas as gestantes, em ganhar esse book, é um privilégio. Também tenho certeza que eu, em nome de todas as gestantes mariopolitanas, estamos ansiosas para fazer as fotos e guardar com todo o carinho pro resto de nossas vidas, pois vão nos lembrar todo o carinho e cuidado que tivemos enquanto estávamos grávidas”