Festa da Uva de Mariópolis

Mariópolis, PR °min °max

Histórico da Festa da Uva e do Padroeiro São Francisco de Sales

Na década de 60 um grupo de agricultores vindos do Rio Grande do Sul e Santa Catarina trouxeram, juntamente com seus pertences, algumas mudas de videiras para aqui dar a continuidade aos costumes e a cultura de seu antigo estado: o cultivo de parreiras e a produção dos derivados da uva, como o vinho, o suco e a geleia.

Esses produtores, cujos nomes são lembrados até hoje no município de Mariópolis, instalaram-se no município e iniciaram a implantação das parreiras, juntamente com a exploração das lavouras.

Esses mesmos pioneiros tinham o desejo de montar uma cooperativa vinícola, porém, nessa década, no município de Mariópolis o principal ramo de atividade era a extração da madeira, onde existiam aproximadamente 29 serrarias. O cultivo de grãos como feijão, milho e trigo, também era muito forte, então os produtores resolveram guardar o sonho da vinícola para o futuro.

Foi quando no ano de 1991, o Frei Romildo Cerutti, pároco da paróquia São Francisco de Sales na época, tomando conhecimento do potencial da uva e do vinho no município, convidou a comunidade para realizar uma grande festa, a primeira Festa da Uva e do Padroeiro São Francisco de Salles, a qual foi organizada pelo Conselho Paroquial, Sindicato dos Trabalhadores Rurais, EMATER, Associação Comercial, CAMISC, Rotary Club e a Prefeitura Municipal.

A Festa da Uva foi agregada com a Festa do Padroeiro São Francisco de Sales, que é comemorada em 24 de janeiro. A Primeira Festa da Uva foi realizada na Paróquia São Francisco de Sales, onde foram comercializados a uva e seus derivados, dando oportunidades aos produtores de venderem seus produtos.

Incentivados pela Administração Municipal, juntamente com o Engenheiro Agrônomo Luiz Zonin, os produtores aprovaram a ideia de plantar um matizeiro no terreno da CAMISC, a fim de permitir a observação e multiplicação de novas variedades de uva.

Em 1994 foi criada a FRUTIMAR – Associação dos Fruticultores de Mariópolis, que com o apoio da Prefeitura Municipal recebeu recursos oriundos do Governo Federal para a ampliação dos Parreirais. Também neste ano, a Festa da Uva tomou outro rumo, de um evento local se transformou, juntamente com a Festa do padroeiro São Francisco de Sales, numa festa típica regional, mostrando para os visitantes o espírito cooperativo, as potencialidades, as tradições gastronômicas, a cultura de origem italiana e a beleza da mulher representada pelas rainhas e princesas eleitas da Festa da Uva.

Com o aumento da produção de uva, houve a necessidade de construir uma cantina, para beneficiar o excedente da produção. Foi quando, no ano de 2000, os produtores adquiriram um terreno de 17.000 m², localizado as margens da rodovia PRT-280, com recursos financiados pela EMAISA – Empresa Mariopolitana de Investimentos S.A.

No ano de 2002 novos companheiros juntaram-se com os produtores nessa jornada: o Fórum 21 de Desenvolvimento, a Associação Comercial e o SEBRAE – PR. No ano de 2003, com o apoio financeiro do Paraná 12 Meses, foi iniciada a construção da cantina, e no dia 20 de agosto, os produtores fundaram a Cooperativa Vinícola São Francisco de Salles, para atender seus interesses comerciais. Também foram aplicados recursos do PRONAF AGREGAR, e para permitir o funcionamento da cantina. Em 2003, foram alocados os recursos da EMAISA e do Fundo de Desenvolvimento Rural (MARCAP).

Com o foco da sociedade mariopolitana na uva, no ano de 2003 o Fórum 21 de Desenvolvimento de Mariópolis montou o projeto “Uva, Cultivando o Futuro”, participando com este projeto do Prêmio Comunidade Empreendedora, promovido pelo SEBRAE – PR, conquistando o 1º lugar entre os 53 projetos participantes.

Finalmente, no dia 19 de junho de 2004, foi inaugurada a Cooperativa Vinícola São Francisco de Sales, onde até nos dias de hoje são fabricados os vinhos San Franchesco.

A Festa da Uva acontece na segunda quinzena do mês de janeiro. Desde 2014 a Festa é realizada no Parque de Eventos Arnaldo Weiss.  Durante os dias do evento acontece a Feira da uva e seus derivados, como a geleia, suco de uva e o vinho doce, que é produzido pela Vinícola São Francisco de Sales, e também produtos coloniais como: geleias, pipoca, amendoim, feijão e outras frutas como a melancia e o melão. Também acontece a Feira da Indústria e comércio, onde participam comerciantes de toda a região do Sudoeste do Paraná.

Também são destaque da Festa da Uva, os shows atrativos, como o Rodeio Country e os Shows com artistas Nacionais.

A Festa Tem a missão de desenvolver o potencial dos produtores no cultivo da Uva e derivados, oferecendo novas técnicas de manejo, para ter a cada ano, uma uva de melhor qualidade, gerando renda  aos pequenos e médios produtores, e desenvolvimento para o município.

Hoje o município conta com 45 produtores  que, com suas famílias, produzem mais de mil e duzentas toneladas de uva, abastecem a Vinícola  São Francisco de Sales, comercializam na Festa da Uva, e realizam a venda direto dos parreirais para toda a região e estados vizinhos.