Mariópolis, PR °min °max

Município de Mariópolis lança programa “Mariópolis Solidária – cuidando de quem precisa”

O município de Mariópolis, por meio da Câmara de Vereadores juntamente com o Departamento de Assistência Social e CRAS estiveram reunidos na manhã de hoje (03), para lançar as ações “cesta básica solidária” e “máscaras solidárias” que fazem parte do programa “Mariópolis solidária – cuidando de quem mais precisa”.

Diante do enfrentamento das graves consequências geradas pela pandemia do Coronavírus (Covid-19) no mundo todo, incluindo o município de Mariópolis, nasceu a necessidade de criar uma rede de apoio e proteção com parceria entre os departamentos e lideranças municipais, unificando as ações e campanhas.

O objetivo principal é centralizar as doações junto ao Departamento de Assistência Social para assim conseguir atender a população em situação de vulnerabilidade social, sendo que o Departamento tem todos os registros desse público e possui equipes técnicas para isso.

“Todo beneficio precisa ser ofertado com base em critérios técnicos e administrado por equipes técnicas, ele é parte de um atendimento e/ou um acompanhamento social, fora isso, configura assistencialismo e não uma política publica de assistência social, por isso estamos nos unindo e direcionando as doações de uma forma adequada”. Salienta a Diretora do Departamento de Assistência social, Adriane Stramari.

Cesta Básica

Os Vereadores e o Prefeito Municipal propuseram então a participação de cada um dentro desta ação, onde irão destinar parte de seus salários para a aquisição de cestas básicas.

Segundo o presidente da Câmara de Vereadores, Pedro Vieira dos Santos “Para ajudar a cuidar das famílias que por motivo ou outro estão impedidas de buscar seu sustento familiar, a Câmara entendeu ser necessária a união entre todos e realizar uma ação concreta que leve alimentos a mesa dessas famílias nesses momentos críticos da pandemia em nosso meio, e que precisamos ficar em isolamento social”.

Com a parceria das lideranças, o Departamento conseguiu neste momento mais de cinquenta cestas básicas que em breve, através do CRAS serão disponibilizadas para famílias. O Departamento também pede para quem quiser realizar a sua contribuição com cestas de alimento, produtos de higiene e limpeza contatar o CRAS para orientações.

Máscaras de proteção

As máscaras de tecido são eficazes para conter a disseminação de gotículas, umas das principais proliferações do Coronavírus (Covid-19), são fáceis de fazer e podem ser lavadas e reutilizadas.

A campanha consiste em orientar a população para o uso das máscaras de tecido como barreira. Divulgado pelo Estadão Conteúdo, o Ministério da Saúde pediu para que a população deixe as máscaras descartáveis, aprovadas pela ANVISA para o uso dos profissionais de saúde e hospitais.

Pensando assim, os departamentos de Saúde e Assistência Social estão buscando ajuda de voluntários para por em prática a campanha “Estamos arrecadando doações de tecidos, linhas, elásticos e equipamentos de costura para assim, conseguir confeccionar essas mascaras. Também precisamos de ajuda de voluntários para fazer a montagem e costura de acordo com as normas passadas pela Saúde.” Salienta a Diretora do Departamento de Assistência Social, Adriane Stramari.

A central de arrecadação será na Recepção da Prefeitura Municipal, mas para continuar com a prevenção, antes de ir até a Prefeitura, entre em contato através do telefone (46) 3226-8100 ou nas redes sociais da Prefeitura, que você será orientado. A Câmara Municipal, através dos vereadores também irão ajudar com a arrecadação dos materiais.

“Neste momento em que precisamos unir forças para combater um inimigo em comum que é o Coronavírus a Câmara através de seus vereadores estará colaborando com ajuda financeira para compra de tecidos para fabricação de mascaras, que certamente ajudará na proteção individual de nossas famílias” Destacou o Presidente da Câmara, Vereador Pedro Vieira dos Santos.

“Mesmo com a utilização das máscaras temos que continuar com os cuidados e prevenção. Na hora da higienização, devemos lavá-las e quando secar, passar o ferro quente para eliminar as sujeiras e bactérias. Também é preciso continuar com todos os outros cuidados básicos, como lavar as mãos, usar álcool em gel quando for necessário e ficar em casa”. Destacou a Enfermeira da Epidemiologia, Viviane Campos.

As máscaras serão destinadas para a população vulnerável, através do Departamento de Assistência Social e para pacientes que tiverem a necessidade do uso, através do Centro de Saúde.

Se você é costureira, tem disponibilidade e gostaria de ajudar de alguma forma, entre em contato com a Prefeitura.  Cada pequena ação como essa tem uma onda enorme de repercussão positiva e é disso que estamos precisando agora. Ajudar uns aos outros. Nós estamos nessa juntos!