Mariópolis, PR °min °max

Mariópolis recebe cartões do programa “Cartão Comida Boa” do Governo do Estado

O Governo do Paraná por meio das Secretarias da Justiça, Família e Trabalho– SEJUF, Secretaria da Agricultura e do Abastecimento – SEAB, Companhia de Tecnologia da Informação e Comunicação do Paraná – CELEPAR, em parceria com Prefeituras Municipais, lançaram o programa “Cartão Comida Boa”.  Na tarde de ontem (09) o Prefeito Tobias Gheller e a Diretora do Departamento de Assistência Social, Adriane Stramari receberam os cartões na Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento (Seab).

A iniciativa do Governo do Estado, aprovada pela Assembleia Legislativa, cria um vale para que famílias em situação de vulnerabilidade econômica possam comprar, exclusivamente, produtos alimentícios, nos estabelecimentos comerciais credenciados pela Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento (SEAB) durante a pandemia do novo Coronavírus. Até agora, já são 05 estabelecimentos credenciados em Mariópolis, e a adesão pode ser feita por qualquer comércio de alimentos.

O programa será operacionalizado por meio de um voucher com QR Code, para evitar falsificações. O valor de cada vale será R$ 50,00. Os beneficiários desse programa serão as pessoas físicas economicamente em vulnerabilidade social, residente no Estado do Paraná, cadastrado no CadÚnico, maior de 18 anos de idade, com renda familiar mensal per capita não ser superior a meio salário mínimo ou a renda familiar mensal não exceder a 3 salários mínimos, o microempreendedor individual, o contribuinte individual do Regime Geral da Previdência Social (RGPS)  e o trabalhador informal de qualquer natureza, cuja necessidade do auxílio será operada mediante preenchimento de formulário com auto declaração de atendimento dos requisitos e condições.

A distribuição dos cartões será feita a partir de segunda-feira, dia 11, pelo Departamento de Assistência Social e CRAS. A organização será por bairros com data e horário agendado. Apenas uma pessoa por família deverá comparecer no local, utilizando máscara e respeitando as medidas de combate ao Coronavírus.

O programa limita a dois membros da mesma família o recebimento do vale e abre espaço para que a pessoa provedora de família monoparental (apenas um dos pais arca com as responsabilidades) possa requerer o recebimento de duas cotas do auxílio emergencial, independente do sexo, se cumprir os requisitos básicos do programa.

As famílias selecionadas pelo Programa serão agendadas em datas e horários, os quais serão divulgados nos canais de comunicação do Município na próxima semana. “O Departamento Municipal de Assistência Social pede a todos que aguardem em suas casas as informações e que compareçam somente nas datas e horários agendados, evitando assim aglomerações. Só serão atendidos em datas e horários estipulados. Quem não conseguir chegar no horário agendado, terá que aguardar ao um novo agendamento”. Destacou a Diretora do Departamento de Assistência Social, Adriane Stramari.